terça-feira, abril 28, 2009

Pijamas Infantis - Reciclando e criando!

Estou preparando o guarda roupas da minha princesa para o inverno que se aproxima...
Senti dificuldades de encontrar pijamas, não camisolinha ou baby-doll. (sim tem pra meninas à partir de 1 ano)
Eu queria um pijama de flanela daqueles do meu tempo antigos....
Então resolvi botar a mão na massa ou no tecido como queira, eu mesma!

Adaptei um molde que tenho de camisa para menino e transformei em um lindo molde de pijaminha. :)
O molde da calça foi desenhado à partir de uma calça dela, pois é bem simples.

O tecido obviamente eu queria flanela estampada, que fica mais fofinho e delicado.

Antes de comprar o tecido dei uma inspecionada nos cueiros que tenho em casa, todos em flanela.
Foram bem usados e mesmo assim estão em perfeito estado e ja não são de muito uso, pois o bebê cresceu. Então porque não reciclá-los?

Cada cueiro rendeu uma peça, fiz dois casaquinhos em duas estampas e modelos diferentes...









Fiz também cinco calças, em 3 estampas... (É que fiz 3 em estampa da mônica.)



Tenho mais um casaquinho em produção...Estampa da mônica. ;)

A idéia foi aprovada, pois uma amiga minha viu os pijaminhas e já me trouxe alguns cueiros do bebê dela para ser transformado em pijama.

Olha ele já está quase pronto, só falta as casas, botões e bainhas.



2 comentários:

Anônimo disse...

oi! meu nome é alessandra, gostaria de saber como conseguir os molde pois também quero fazer uns pijaminhas para minha baixinha.
Agradeço.
Att,

alessandra
sandrams92@hotmail.com

Crisminiaturas disse...

OLá Alessandra, ifelizmente já não tenho mais o molde da camisa. O da calça eu usei uma calça jeans dela como molde.
Grande abraço!
Cristina

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu livro de cabeçeira:

Caros comentaristas:
De modo a nos poupar de atritos desnecessários aqui no blog peço aos colegas que, em suas mensagens, evitem promover inanas, coarctadas, inarmonias, agastamentos, chaças, debates inócuos, embates, embrulhadas, rabulices, encamisadas, ofensas, escaramuças, escarapelas, caceteiras, picuinhas, badernas, lides, quebra-paus, quebra-quebras, pleitos descabidos, quelelês, efervecências, questões de lana caprina, infestações, refregas, bafôs, pegas-pra-capar, pegadilhas, pegas, algazarras, pugilatos, pugnacidades, pugnas, logomaquias, peguilhas, pegulhos, brigas, quiproquós, triscas, quizilas, beiçoladas, galanas, vale-tudos, pelejas, bulhas, ralhos, beligerâncias, colisões, rolos, polêmicas idiotas, timacas, demandas, desordem, combates, gambérrias, armistrondos, remoques, campanhas insípidas, pampeiros, competências, tumultos, pancadarias, rancores, tendepás, muvucas, pendências, conflitos, confrontos, zangas, bangue-bangues, zanguizarras, tinido de armas, contendas, contenções, controvérsias destrutivas, renzilhas, choldaboldras, tropelias, oposições, provocações infundadas, sopapos, esparrames, pipocas, repontões, requestas, sarabandas, barafundas, arranca-rabos, arranca-tocos, arrancadas, arregaços, arreigações, arrepelamentos de barbas, arrepelações, porfias, jiribandas, jerimbambas, turmbambas, mirongas, sororós, barracos, porradarias, turras, derriças, certames, morticínios, arruaças, arruídos, desandas, desavenças, disceptações, discussões violentas, desfrontações, rusgas, cismas, resmungações, rosnaduras, desordens, testilhas, destruições do patrimônio público ou privado, assuadas, batalhas sangrentas, lutas desiguais, rotas, altercações, heteromaquias, retesias, estrupadas, retruques, litígios duros, afuleimações, prélios, frumentações, cruzadas, rivalidades inúteis, cavilações, reviretes, vuvus, rixas, contendas, mexeriquices, fuzilarias, bochicos e liças de qualquer espécie.
Grata
Cristina Freitas