sábado, julho 31, 2010

Pensando na Barbie...

Esse mês a minha filha ganhou sua primeira Barbie, e eu que andei tão atarefada e sem nem tempo pra pensar nas minhas minis, ando com muitas idéias... Afinal a Barbie precisa de uma casa, de móveis, de uma caminha pra dormir...

3 comentários:

Danielly Tiepo disse...

OOOi

PAssando pra dizer como ta fofo o blog, e uma postagem melhor q a outra!

Bjinhos e uma ótima semana!

http://blogdatiepo.blogspot.com

LENIRA disse...

Foi um grande susto,mas já passou.Estou me cuidando e depois do que passei,estou dando mais valor a cada minuto,a cada pessoa e principalmente agradeço a Deus cada momento que estou vivendo.Sei que um dia partirei,mas enquanto não chega este dia quero dar valo a cada pessoa que passar pela minha vida e amá-la como a mim mesma,pois amo a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como Ele me ama.Obrigada,amiga,pelo seu carinho.Beijos.

LENIRA disse...

Tenho certeza que você vai fazer uma casa linda para a Barbie da sua filha.Vou acompanhareste seu projeto e sei que vou me deliciar com as coisas lindas que vc faz.Sua filha vai amar e vai ser,com certeza o seu brinquedo favorito.Beijos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu livro de cabeçeira:

Caros comentaristas:
De modo a nos poupar de atritos desnecessários aqui no blog peço aos colegas que, em suas mensagens, evitem promover inanas, coarctadas, inarmonias, agastamentos, chaças, debates inócuos, embates, embrulhadas, rabulices, encamisadas, ofensas, escaramuças, escarapelas, caceteiras, picuinhas, badernas, lides, quebra-paus, quebra-quebras, pleitos descabidos, quelelês, efervecências, questões de lana caprina, infestações, refregas, bafôs, pegas-pra-capar, pegadilhas, pegas, algazarras, pugilatos, pugnacidades, pugnas, logomaquias, peguilhas, pegulhos, brigas, quiproquós, triscas, quizilas, beiçoladas, galanas, vale-tudos, pelejas, bulhas, ralhos, beligerâncias, colisões, rolos, polêmicas idiotas, timacas, demandas, desordem, combates, gambérrias, armistrondos, remoques, campanhas insípidas, pampeiros, competências, tumultos, pancadarias, rancores, tendepás, muvucas, pendências, conflitos, confrontos, zangas, bangue-bangues, zanguizarras, tinido de armas, contendas, contenções, controvérsias destrutivas, renzilhas, choldaboldras, tropelias, oposições, provocações infundadas, sopapos, esparrames, pipocas, repontões, requestas, sarabandas, barafundas, arranca-rabos, arranca-tocos, arrancadas, arregaços, arreigações, arrepelamentos de barbas, arrepelações, porfias, jiribandas, jerimbambas, turmbambas, mirongas, sororós, barracos, porradarias, turras, derriças, certames, morticínios, arruaças, arruídos, desandas, desavenças, disceptações, discussões violentas, desfrontações, rusgas, cismas, resmungações, rosnaduras, desordens, testilhas, destruições do patrimônio público ou privado, assuadas, batalhas sangrentas, lutas desiguais, rotas, altercações, heteromaquias, retesias, estrupadas, retruques, litígios duros, afuleimações, prélios, frumentações, cruzadas, rivalidades inúteis, cavilações, reviretes, vuvus, rixas, contendas, mexeriquices, fuzilarias, bochicos e liças de qualquer espécie.
Grata
Cristina Freitas